Vitor Schmidlin

Professor de Bateria e Percussão

Nascido em 1998, Vitor Schmidlin desde os seus primeiros meses de vida teve contato com a música por meio da igreja a qual seus pais frequentavam assiduamente.

Aos 10 anos começou a fazer aulas de bateria com o professor André Steuernagel em Joinville, cidade que nasceu. Fez um ano e meio de aulas e parou.

A música sempre esteve presente em sua vida, mas em 2017 aos 18 anos, percebeu que poderia levar a musica como profissão, quando de modo autodidata aprendeu a tocar violão e a fazer musicas eletrônicas em softwares de produção musical.

Em 2018 ingressou no Bacharelado em Bateria e Percussão na Univali de Itajaí. Na universidade teve contato com grandes mestres e inúmeros estudantes de musica mais experientes. Neste período, Vítor retomou os estudos a bateria e também a Percussão, onde teve aulas com Rodrigo Paiva, que era coordenador do Grupo de Percussão de Itajaí(GPI), grupo o qual ele ainda é integrante e tem grande importância na sua formação musical.

No meio universitário participou como coralista e percussionista do coral da Univali, participou de várias apresentações com o GPI, em especial na abertura de uma das noites do 22º Festival de Musica de Itajaí, participa também da banda Perdidos no Himalaia como baterista, banda Kank Style onde toca Percussão num repertório de reggae, além de outras apresentações acadêmicas e outras como freelancer.

Atualmente trabalha como professor na Escola de Música Harmonia em Camboriú, administrando aulas de bateria e percussão.


Voltar para a página anterior

Profº Vitor Schmidlin